segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

PROCEDIMENTOS - INDISPENSÁVEIS


PROCEDIMENTOS






Execute ao menos os três primeiros passos,


 itens números 2 e 3 são indispensáveis.




AJUDE-NOS A AJUDÁ-LO



                   

Podemos indicar mais um item que pode ser fundamental


7 - FOTO DO COMPONENTE - Nos envie imagens do

                           encaixe do componente ou prótese.




UMA BOA FOTO AJUDA




Da mesma maneira que algumas vezes é possível identificar o implante apenas com uma periapical bem tirada, uma foto  pode ser muito elucidativa, algumas empresas tingem a plataforma do implante ou componente protético, outras tem seu encaixe característico, etc.

Para tirar uma foto atualmente é coisa bem menos complicada do que já foi no passado, hoje qualquer máquina pode dar uma definição de 3 mega pixels no mínimo, o que já é o suficiente para ter uma boa visão de elementos pequenos, uma vez que este parâmetro de definição nos permite ampliar a foto pelo computador. 

Esclarecemos que fotos de celular não representam informações reais, os mega pixels de celulares não são reais, principalmente se a maquina ou o celular for chinês.


Veja alguns exemplos de fotos bem tiradas, outras nem tanto.

fig 1


A figura 1 um já conseguimos visualizar que se trata de um Implante Hexágono interno curto, apenas empresas especificas fabricam este padrão, e por eliminação já afastamos um milhão de possibilidades.
Num caso destes resta-nos somente descobrir a rosca do implante e a medida do hexágono. Assusta, mas é mais simples do que parece.


fig 2
Quanto a figura 2,  o cliente nos manda uma foto como essa ficamos bem felizes, pois sabemos que a solução é rápida.



fig 3
Hexágono curto é o mesmo caso da fig1



O caso da figura 3 é tipico Cone Morse, percebemos pela angulação do componente
que é cônico, cuidado para não confundir com componente de implantes antigos sem travamento protético, estes já não apresentam a forma cônica nas proximidades da rosca.
Foto excelente.


fig 4





A figura 4 pode não parecer útil pois o componente aparenta ser rotacional, mas é bastante elucidativa, observe que ele tem um prolongamento antes da rosca em seguida um anel antes da cinta, este oring tem as características de um componente de Hexágono Interno Longo. Esta fácil resolver.

fig 5

Esta foto da figura 5 não esta  boa, mas o profissional deu sorte, esta claro que se trata de um Hexágono Interno Curto e um Longo, inclusive com uma cor característica, isso porque um ao lado do outro dá para fazer uma comparação, agora ficou fácil.


fig 6


Na figura 6 a foto esta maravilhosa, dá até para observar um esteticone cortado no canto direito, a imagem central esta perfeita... com certeza ele tirou esta foto em alta definição.



Podemos afirmar que uma boa foto é  aquela que dá a possibilidade de ampliação, sem que ela pixelise ( perca definição) na hora de ampliar.

Poderíamos postar um milhão de fotos, mas imagine o seguinte:

O profissional esta em dúvida e nos manda uma radiografia bem definida, uma foto legal, testou a rosca do implante da melhor maneira que pôde, derrepente nos envia um parafuso que ele testou e deu certo...  
 a possibilidade de solução rápida é indiscutível.

_______________________________________________



UMA BOA PERIAPICAL AJUDA

A fim de nos dar a melhor chance de ajudá-lo, por favor, considere os seguintes parâmetros quando você enviar seu material via email ou correio.






  1. Por favor, tente fazer a sua radiografia como perpendicular ao longo eixo do implante como você possivelmente pode. Isso nos ajuda a ver os aspectos importantes dos implantes melhores, como tipo de rosca, estrias, etc
    Implante não perpendicular - difícil ver o tipo de rosca
    Note-se como muito mais fácil você pode dizer o tipo de rosca (mas o ápice é cortado)
  2. Por favor, inclua pelo menos, uma radiografia periapical de boa qualidade que mostra ambas as porções coronais e apical do implante. Muitas vezes temos radiografias enviadas a nós com a parte apical do implante cortado.

    Não é possível ver se o ápice tem buracos, ranhuras não dá para ver

     superexposta, o que torna difícil ver algum detalhe
  3. Alguns recursos muito úteis adjuvantes para considerar  são: radiografias interproximais, fotos da plataforma do implante, foto do pilar de cicatrização ou qualquer componente  ou prótese instalado no mesmo..
  4. VIDE A PAGINA/ POST PROCEDIMENTOS (no menu paginas)



 FONTE DAS INFORMAÇÕES ABAIXO VIERAM DE UM SITE INTERESSANTE CHAMADO 
whatimplantisthat.com
Infelizmente as eles não se baseiam em implantes BRASILEIROS,  mas dá para ter uma idéia legal de como retirar uma boa periapical.